Psicóloga orienta quando se deve procurar uma terapia infantil

Diversos são os sinais os quais nos indicam que precisamos buscar orientações de um psicólogo, mas ainda existem muitos preconceitos em cima desse profissional, “ahhh psicólogo é pra doido” “meu filho não é doido”. Já passamos do tempo de pensar assim. O profissional de psicologia vai orientar, aconselhar, acompanhar os sujeitos que vivenciam alguma dificuldade em sua vida. Não existe receita para criar filho, nem para viver bem, construímos isso vivendo e todos podem vivenciar situações de sofrimento no dia a dia.

E então?! Devemos observar o padrão de desenvolvimento humano, existe fase pra tudo. Porém, algumas pessoas podem ter atrasos em algumas fases de sua vida, todos nós aprendemos em tempos diferentes, alguns aprendem mais rápido, outros precisam de um pouco mais de estímulo, outros demoram mais, mesmo, para aprender. Aprender como processo contínuo, não somente o ‘aprender escolar’, mas o aprender cotidiano: aprender a escovar os dentes, a usar o banheiro, a comer, a dirigir, aprender as atividades diárias.

É importante lembrar que com nossas crianças, depois dos pais, as professoras de educação infantil, são as pessoas que convivem mais tempo com nossos filhos, consequentemente observam suas fases de desenvolvimento bem de pertinho, e são as professoras da escola do seu filho que atentam para as dificuldades de aprendizagem, desorganização motora, desatenção, agressividade, postura egoísta, dificuldade de interagir socialmente, timidez, introspecção, agitação, inquietação, desobediência, falta de limites, ansiedade, entre outros. Escute e pondere junto à escola, e à professora do seu filho, se esses comportamentos também acontecem em casa, no shopping, na casa dos avós: xixi na cama, birra, intolerância a frustrações, irritabilidade, nervosismo. O desenvolvimento de nossas crianças precisa da parceria ‘Escola e Família’ e quando sinalizados os comportamentos que precisam de intervenção, a parceria amplia para ‘Escola, Família e Equipe Multi’ (Equipe Multi: psicólogo, psicopedagogo, médicos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, entre outros profissionais) juntos podemos fazer muito para promover o sucesso de uma criança.

Pontuamos também que o reconhecimento e o controle emocional precisam de atenção desde o início do desenvolvimento humano. Aprender a se expressar emocionalmente de forma correta traz ganhos valiosos nos relacionamentos interpessoais, na aprendizagem e para a vida das pessoas, quanto mais cedo nossas emoções forem reconhecidas mais saudáveis seremos.

Então, papai e mamãe, vovó, titia observem, estudem o desenvolvimento infantil e fiquem atentos à fase  em que sua criança está vivenciando, construa um olhar crítico sobre o comportamento que sua criança apresenta, é comum acontecer isso nessa idade? esse comportamento está se prolongando muito? este comportamento já devia ser vivenciado pelo meu filho? minha criança já é capaz de fazer isso? Conviver com crianças, aquele serzinho em desenvolvimento, requer muito cuidado, atenção e amor. Estamos vivendo em uma sociedade de ausências, ausências de pais, de cuidado, de atenção, de amor, de gentilezas. Para um pouco da sua rotina e brinque com seu filho, o brincar é revelador das demandas de nossas crianças, sente no chão, role no chão. Conto com vocês para favorecermos o desenvolvimento de uma criança!

Anne Karoline Santos

Psicóloga e Psicopedagoga

psiannekaroline@gmail.com

(84). 98817.3652 – 99653.9010

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s