Fisioteraupeta explica os benefícios do pilates para as grávidas

O método Pilates, criado por Joseph Pilates nos anos 1920, tem como base o conceito da “contrologia”, que se refere ao controle consciente e domínio dos movimentos realizados, desenvolvendo a coordenação entre corpo, mente e espirito a partir de princípios específicos do método.

Os exercícios são de baixo impacto e de poucas repetições, proporcionando resultados eficazes sem a sobrecarga articular e muscular. Através desse método, trabalhamos força, flexibilidade e alongamento de forma integrada e individualizada. Os benefícios para quem opta pelo Pilates são inúmeros: melhora a capacidade respiratória, a consciência corporal, postura e flexibilidade, além de fortalecer a musculatura e ativar a circulação, diminuir os desconfortos musculoesqueléticos, aliviar a tensão muscular e melhorar o sono.

Há algum tempo, as mulheres eram orientadas a ficarem de repouso durante a gestação. Hoje em dia, a prática de uma atividade física associada à boa alimentação trazem inúmeros benefícios às mamães! A gestação é uma experiência única, marcada por diversas adaptações e alterações hormonais, fisiológicas, biomecânicas e emocionais. O método Pilates vem como uma ótima opção para preparar o corpo para todas essas adaptações, auxiliando a mulher a suportar todas elas!

Os músculos responsáveis pela estabilização da nossa coluna, bem como o complexo do assoalho pélvico, são constantemente estimulados durante a execução dos exercícios. Para as mulheres que optam pelo Pilates para se preparar para a gravidez, parto e pós parto, isso faz toda a diferença! Com o fortalecimento desses grupos musculares, protegemos melhor nossa coluna, tratando e prevenindo as “dores nas costas”, tão comum durante a gestação e pós-parto. Além disso, o fortalecimento dos músculos que compõe o assoalho pélvico previne a incontinência urinária e a sua consciência sobre essa musculatura é essencial no trabalho de parto! O Pilates ainda auxilia no fortalecimento dos membros superiores, que facilitarão a vida da mamãe na hora dos cuidados com o bebê em atividades como dar banho e amamentar.

A capacidade de adaptação dos exercícios também é outro fator importante quanto à escolha do método pelas grávidas e puérperas! A seleção dos exercícios deve ser feita de acordo com cada fase da gravidez e os objetivos da praticante e os identificados pelo profissional. Além disso, sempre que necessário, devem ser adaptados para cada mulher.

Os exercícios do Pilates podem ser feitos no solo ou nos aparelhos, e as sessões tem duração entre 45 a 60 minutos. Recomenda-se que a prática seja iniciada a partir do segundo trimestre, podendo ser continuada até o final da gestação. Se já fazia Pilates ou outra atividade física, as mulheres podem dar continuidade aos exercícios ainda no primeiro trimestre, desde que reduzida à carga dos exercícios. Mas não esqueça, antes de iniciar qualquer atividade física, é necessária a liberação médica!

Depois do nascimento do bebê, o Pilates auxiliará a mulher no período pós-parto, facilitando o retorno mais rápido do abdômen, diminuindo a flacidez característica deste período e atenuando qualquer consequência advinda do parto, além de oferecer estratégias para cuidar do seu filho sem se prejudicar e proporcionar bem-estar de modo a fazer face às dificuldades sentidas na fase pós-natal.

Com aparelhos ou no solo, o importante é que a praticante do Pilates tenha um acompanhamento adequado, feito por profissionais especializados. Assim, os exercícios se tornam mais funcionais e prazerosos para cada gestante e puérpera!

Silvia Oliveira Ribeiro

Fisioterapeuta formada pela UFRN

Mestre em Fisioterapia pela UFRN

Formação em Pilates Clínico, Bolas e Fita Suspensa pelo Pilates Contemporâneo

Contatos: (84) 9-9950-9638/ (84)9-8721-8010

oliveira.silviaribeiro@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s