Por que praticar ioga durante a gravidez {e depois também}

Você sabia que a prática da ioga oferece vários benefícios para as grávidas?

Ela melhora a disposição da gestante, ameniza os desconfortos físicos (inchaço e dores), estimula a criação do vínculo mãe-bebê e ainda pode ser uma grande aliada no pós-parto.

Essa modalidade, geralmente, não tem contraindicação!

Mesmo assim, solicite uma opinião médica para não haver dúvida.

É uma atividade que propicia condicionamento físico desenvolvendo força, flexibilidade e resistência.

Como estabelece um equilíbrio interno, essa prática milenar fortalece o vínculo mãe-bebê.

A ioga para gestantes é importante também para a preparação do parto. Por ser um caminho para o autoconhecimento, ela permite a mulher lidar melhor com  seus próprios medos. Isso aumenta as chances de um parto consciente!

No pós-parto, a prática regular da ioga (após liberação médica) auxilia a mãe a manter o equilíbrio emocional e retomar a forma física.

Atenção! Procure um profissional capacitado, pois nem todas as posturas são permitidas.

Anúncios

Um comentário em “Por que praticar ioga durante a gravidez {e depois também}

  1. Bom dia, Carol!

    Sou fisioterapeuta com formação em Pilates e trabalho desde o início da minha graduação com a área de saúde da mulher, com enfase na obstetrícia. Gostaria de entrar em contato com você. Poderia me passar seu email?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s