Mãe conta como escolhe as roupas para a filha {ser livre}

Eu sempre sonhei ser mãe, ter uma menina e colocar nela os vestidos mais lindos e coloridos do mundo. Eis que meu sonho Alice é uma menininha cheia de opinião. Isso é ótimo porque ela é imensamente transparente: sempre nos mostra se está feliz ou incomodada com alguma coisa. E meu amigo, se ela estiver incomodada, não tem quem a convença de que está tudo bem…

Uma coisa que realmente tira o brilho dos seus lindos olhinhos e acaba com seu sorriso sapeca são as roupas infantis que são feitas pensando em todo mundo (estilista, mães, indústria da moda…) menos na criança.

Claro que a Alice não tem essa noção. Mas como um vestido pode ser feito para bebéias se incomoda para colocar, se o tecido “pinica”, se tem um zilhão de botões e aperta em todas as partes do corpinho?

Alice me ensinou muito, sobre tudo. E uma das lições mais gostosas de aprender com ela foi o quão lindo (e gostoso!) é ser livre.

alice-vestido_blogpalavrademae

Por isso, tudo que ela usa, tem que primeiro fazer com que ela se sinta bem, segura para brincar, livre para explorar cada pedacinho desse mundão, respeitar sua essência livre e colorida.

Somos fãs de vestidões soltinhos, cheios de cores. Escolhemos enfeites de cabelo que estimulem a fantasia, que a façam se sentir princesa. Gostamos de cores, muitas, muitas cores. E também adoramos o branco que combina tão bem com a inocência da infância. Gostamos de peças lúdicas, que tem flores ou bolinhas para as crianças brincarem enquanto usam. Estampas que nos dão espaço para inventar contos de fadas são sempre muito bem-vindas!!!

Nos pezinhos quase sempre ela não usa nada. Passou sua festinha de 1 aninho descalça e aproveitou muito, feliz, sem amarras.

look-alice_blogpalavrademae

As sandalinhas ou botinhas devem ser maleáveis e se moldarem aos pezinhos gordicos.

Eu sempre adorei moda infantil, mas depois de ser mãe, entendi que a prática é diferente da teoria nisso também… Algumas (muitas) vezes, vejo um vestido na vitrine e fico deslumbrada, já imagino a Alice toda linda nele. Mas quando o pego na mão, logo de cara já da pra sacar se vai ou não agradar a pequena. Tudo é justo, aperta, “pinica”.

Além disso, o que vende mais é a imitação do adulto. Não precisamos andar muito para ver a imensa quantidade de decotes, de sapatos com “saltinhos”. Isso é triste, é lamentável, é jogar fora a fase mais linda que é a infância.

estilo-alice_blogpalavrademae

Por aqui, sempre nos lembramos do quão suave é essa liberdade de SER que é tão marcante na infância. É na infância que os pequenos são tantos, e são tudo que sonham. Vamos aprender com eles essa grandeza de sermos livres. Vamos respeitá-los e escolher peças com toque gostoso, que tenham cara de criança, e permitam que a brincadeira role solta. Dá para ficar linda e feliz ao mesmo tempo!!!

Gabriela, mãe do Theo (6) e da Alice (1a8m)!

look_infantil_blogpalavrademae

look_infantil1_blogpalavrademae

Anúncios

7 comentários em “Mãe conta como escolhe as roupas para a filha {ser livre}

  1. Carolzinha linda toda minha gratidão por sempre ser tão presente conosco.Nossa amizade é uma dádiva!!!muitos beijos cheios de amor,um imenso amor em vc e em sua linda família!!! ❤️❤️❤️

    Curtir

  2. Meu Deus que coisa mais doce .Gabriela consegue descrever exatamente a essência da pequena Alice ,detalhes que são a carinha dela .parabéns as três bonecas :Carol pelo lindo trabalho e sempre tão querida por nôs. Gabriela por ser tão prestimosa e secesmerar nos cuidados com a pequena e a Alice que encanta a tiodos com sua luz própria ! Cheia de orgulho pde vocês todas ! Bjos Vovó Chris.

    Curtir

    1. Meu Deus do céu!!! Fiquei encantada desde a primeira linha. Alice faz parte de minha felicidade. A conheço apenas pelo facebook da minha querida Chris, a vovó orgulhosa. Acabei de me certificar que ela é uma fada. Linda, doce, leve e cheia de vida. Amei as roupas, amei as fotos e a Alice, nem preciso dizer. Dá vontade de sentar e brincar com ela. Mas antes colocar um vestidinho leve e solto como o dessa boneca.

      Curtir

    2. Chris, é incrível mesmo como Gabi consegue colocar tanta sensibilidade nas palavras a ponto de quem está longe também captar a essência de Alice. Você sempre carinhosa comigo, só tenho a agradecer e dizer que te admiro muito (infinito)!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s