A maternidade e o medo

ameom

Calma! Sentir medo é normal. Completamente.

Amor, raiva, tristeza e medo são emoções primárias.

Entretanto, se o medo atrapalhar a sua vida: alerta vermelho.

Durante a gravidez, surgem dúvidas de todos os tipos.

Por mais que a gente leia e se informe sempre há uma pontinha de medo.

É inevitável não se deparar com o desconhecido.

Naturalmente, fui driblando cada dor, susto ou ansiedade.

Depois que Théo nasceu o meu primeiro medo foi dirigir sozinha com ele.

Eu sempre dirigi mas bateu uma insegurança nos primeiros dias. Superei.

Depois… Quando ele estava com dois anos eu enfrentei um problema de saúde.

Um dia eu falei para o médico sobre meu medo de morrer.

E ele respondeu assim: coisa de mãe.

Na verdade, eu tinha medo até de pegar uma gripe.

Com o tempo, a sensação do medo foi perdendo a força. Ufa!

E vocês, quais os medos apareceram depois da maternidade?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s