FICI – O Galo Corococó

Começou ontem a 12ª edição do Festival Internacional de Cinema Infantil.

Aqui em Natal é a terceira vez do evento, que acontece com exclusividade no Cinemark.

É a principal mostra de cinema infantil do país com meia-entrada para toda a família (R$ 7).

Eu tinha um convite para a abertura (hoje de manhã), mas deixei Théo dormir até mais tarde.

Fomos então na sessão da tarde para assistir ao longa canadense O Galo Corococó.

Aquele galo cantava cedo e alto. E todo mundo tinha que acordar de madrugada para trabalhar. Ninguém aguentava mais! Foi aí que um grupo de moradores sonolentos resolveu bolar um esquema para se livrar dele. Logo, logo, todo mundo descobriu que ruim com ele, muito pior sem ele.

Rooster_Doodle_Doo_01

Fomos surpreendidos com a notícia que o filme seria dublado ao vivo (durante a exibição).

Os dois dubladores se apresentaram e explicaram como funciona uma dublagem no estúdio.

Quando o filme começou, não dava para ouvir a voz deles pois o som da telona atrapalhava.

Depois que ajustaram melhorou mas ainda assim se perdia muitas falas (eles até avisaram antes).

Mas a história é linda e Théo entendeu tudo direitinho…

“Eu acho que esse filme quer mostrar a importância dos animais.”

“A gente bem que podia ter um galo em casa para não perder a hora de acordar.”

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s