Dia do Folclore – O historiador e a ilustradora

O folclore é uma forma de manifestação cultural dos povos.

São lendas, tradições, crendices, canções e poesias.

Tudo isso vai passando de geração em geração.

E hoje, eu quero homenagear o nosso folclorista potiguar, Câmara Cascudo.

Luís da Câmara Cascudo (1898-1986), nasceu aqui em Natal onde sempre morou.

Historiador, antropólogo, advogado e jornalista. Dedicou-se ao estudo da cultura brasileira.

São suas obras: Lendas Brasileiras (1945) e o Dicionário do Folclore Brasileiro (1954).

Curupira, Boitatá, Saci Pererê, Iara, Lobisomem Mula sem Cabeça, Vitória Régia e Boto-cor-de-rosa são alguns dos personagens do Folclore Brasileiro.

Separei a Sereia, lançamento da talentosa e encantadora ilustradora mineira Amanda Mol, para ilustrar este post.

As referências são infantis e lúdicas: mergulhei, literalmente, em um universo que amo. Ela foi feita com lápis, aquarela e uma tarde de sol e é com muito carinho que apresento o resultado para você.

sereia-mol

***

A lenda da Iara: o canto da sereia

É difícil um homem resistir ao canto hipnotizador da Iara.

Mas indo ao seu encontro, na maioria das vezes, acaba morrendo  afogado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s