Pai não tem que ajudar

Sabe quando você diz uma coisa da boca pra fora?

Sem colocar na balança para ver quanto pesa!

Eu passei muito tempo dizendo que meu marido (e pai do meu filho) me ajudava bastante com Théo.

Repetia alegremente: ele só não deu o peito porque não tinha leite.

Até que ontem li a seguinte frase no blog Canto da Mulher que Canta.

Parabéns pra você que cria junto ao invés de “ajudar a mãe”…

Instante em que eu pensei: como eu não tive esse olhar antes???

Eu conheço pai que nunca trocou a fralda do filho!

Como também sei de um pai que tomou o papel da mãe.

Mas… “Nem tanto ao mar, nem tanto à terra.”

Pai não tem que ajudar e sim fazer junto.

Então, vamos mudar o discurso. Já, agora (pra ontem).

Inclusive, pelo próprio bem da relação familiar.

O homem (marido/pai) precisa se sentir parte e não apoio.

Deixei de pensar que tive sorte porque descobri que isso é machismo.

Espero que você também passe a ter um novo olhar sobre seu companheiro.

fam-anne

 Ilustração bem família da francesa Anne.

Anúncios

3 comentários em “Pai não tem que ajudar

  1. Parabéns Carol!
    A troca de experiências com outras pessoas sempre nos faz aprender a enxergar a vida com os olhos do amor. Assim podemos dar mais valor àquele que está ao nosso lado, participando junto com a gente.
    Reconheço a participação integral do meu marido, na criação e educação dos nossos filhos, hoje já todos adultos. Foi de extrema importância para a formação do caráter deles.

    Beijos da sua tia Suêrda.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s