Especial das Vovós – “Tenho certeza que esse é o meu melhor papel”

A Chris tem dois netos: Theo (5 anos) e Alice (5 meses) que são filhos da sua única filha, Gabriela.

Convidei-a para participar do blog, ela aceitou e fiz a seguinte pergunta: como se sente avó.

Venha se emocionar e se inspirar com o depoimento de uma avó dedicada e amorosa.

Fui pega de surpresa com a notícia da gravidez da Gabi, como toda mãe tinha planos para ela acabar faculdade, noivar, casar e etc. Enfim, a realidade era aquela e confesso que toda história do Theo de ser prematuro extremo serviu como uma luva pra mim. Depois do seu nascimento, eu sou outra pessoa, mais doce, maleável e sem achar que posso controlar qualquer coisa que seja. Hoje nada é mais precioso e importante do que “ele”. Aprendo todos os dias com seu olhar, sua doçura e com o seu gênio, que é forte e determinado. Mesmo não estando perto todos os dias me pego sempre fazendo planos com ele. Diria que a felicidade me foi apresentada duas vezes, a primeira com o encontro com meu marido (que não é o pai da Gabi) e a segunda vez com o nascimento do Theo. Todas as dificuldades que passamos com o nascimento dele me fez uma pessoa desprendida, ali conheci a força. Força da Gabi e força de um bebê de 800 gramas, de uma gestação de 5 meses. Como não se transformar diante de tanta luta, não consigo falar do Theo sem me emocionar. Às vezes, muitas vezes, tenho a nítida certeza que tudo que aconteceu foi para me fazer uma pessoa melhor. Todos os nossos dias, falo nossos porque o João, meu marido, é apaixonado pelo Theo e vice-versa, são direcionados à ele. Nossas viagens, nossos restaurantes, nosso lazer é onde possamos levá-lo. Quero viver muita coisa que nunca me passou pela cabeça, para poder vê-lo crescer, estudar e participar da vidinha dele. Olho pra ele e sinto orgulho de ser “meu”. Penso nele e me acalma o coração. E quero cada vez ser melhor, estar melhor para ver minha família. Orgulho-me da Gabi, que tão novinha passou por tanta coisa sem nunca, nunca reclamar. Orgulho-me de ter dado a ela essa herança de ser forte e amorosa. Hoje tenho a Alice que é um docinho, uma dádiva também. Gosto quando o Theo me chama de vovó, com sua voz terna. Ser vovó deles me enche de orgulho.Tenho certeza que esse é o meu melhor papel, o que eu melhor desempenho, o que me dá só felicidade e recompensa. Nada me faz mais feliz de arrumar a casa a espera deles, fazer o supermercado pra eles, fazer as festas de aniversário, batizado, pensar em como posso agradar. Sou uma pessoa realizada, tenho um marido que se chama “generosidade”, uma única filha que é uma rocha, um genro doce e educado e netos de Deus!!! Sou muito emotiva e dedicada a minha família, amigos e todos que de mim precisar.

chris-vovó

***

Vovó Chris, amei infinito!

Espero que voltem logo a minha terrinha Natal.

Meu coração e minha casa estarão sempre de portas abertas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s