Scooby-Doo, cadê você

scooby-doo

Levamos Théo para escolher um brinquedo.

Ele entra na loja e vai direto para a Máquina Mistério Caça-Fantasmas.

Mostramos outras opções, mas nada o fazia soltar a caixa.

Expectativa grande para abrir o presente (em casa).

O pai desparafusa o brinquedo e o entrega a seu dono.

A criança abre e se depara com o vazio.

Sua expressão de alegria se transforma em decepção.

Théo murchou igual quando se enche um balão e solta.

Cadê os personagens? Não veio? Não tem?

Pego a embalagem e procuro uma resposta.

Encontro no verso, em letras pequenas: personagens não incluídos.

Instante em que a DTC sopra no meu ouvido: te peguei na pegadinha!

Se os personagens não fazem parte, por que estão na ilustração?

Francamente, é muita falta de noção. Totalmente abusivo!

Acho que fiquei mais chateada ainda porque pagamos quase duzentos reais.

Mas para resgatar o brilho nos olhinhos do meu menino, logo resolvi.

Expliquei que ele poderia usar outros bonecos na brincadeira.

Marido ainda se balançou para pesquisar na net o preço da turma da gosma.

Mas não concordei em dar mais nenhum tostão nosso para esse fornecedor.

maq-mis

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s